Gratidão: Uma Atitude de Cura

 

encarni-urbano-red

Devo sentir gratidão pela minha vida, ou estou enganado? Devo ver o copo meio-vazio ou meio-cheio?

Posso queixar-me por as roseiras terem espinhos, ou posso estar grato por alguns arbustos espinhosos darem rosas. A nível intelectual, as duas atitudes são equivalentes. Mas, na vida real, faz uma enorme diferença escolhermos uma ou outra. Continuar a ler

Anúncios

Deveria voltar a receber a luz

estrela-roberto-weigand-4-fotor

Há vários anos atrás, fui contactado por um médico do sul de França. A neta tinha contraído uma doença que deixara os médicos locais confusos e ele queria consultar-me, uma vez que tinha lido vários dos meus artigos sobre distúrbios do sistema neurovegetativo autónomo. Os sintomas da sua neta pareciam coincidir com os que eu tinha descrito, e perguntou-me se poderia ajudá‑lo. Continuar a ler