Nómada – Obra de leitura seguida

ayaan

Ayaan Hirsi Ali atraiu atenção mundial com o livro de memórias Infiel, que ficou 31 semanas na lista de best-sellers do New York Times e conta a sua infância e adolescência na Somália, na Arábia Saudita, na Etiópia e no Quénia sob o rigor do islamismo, até chegar à Holanda, onde se tornou uma das principais críticas do Islão e defensora dos direitos das mulheres. Agora, em Nómada, ela narra a sua mudança para os Estados Unidos em busca de uma nova vida, longe dos islamitas europeus que a ameaçaram de morte.

Continuar a ler:  https://condicaodamulher.wordpress.com/

 

Anúncios

O desejo de Ruby

kailin-11-ruby-m

Se caminhar por uma certa rua de uma certa cidade na China, e passar pelo mercado de animais de estimação, com os papa-arroz amarelos e verdes a saltar nas gaiolas de bambu, os peixinhos dourados e as tartarugas de água doce nas taças de porcelana, há-de chegar a um quarteirão de casas. Nesses edifícios, agora castanhos devido à idade e à sujidade, moram muitas famílias. Porém, se olhar com atenção, verá que outrora essas casas eram uma só, uma magnífica casa que pertencia a uma única família. Continuar a ler