A Paz

Costumamos pensar na paz como sendo a ausência de guerra. Achamos que, se os países poderosos reduzissem os seus arsenais bélicos, poderíamos ter paz.

Contudo, se observarmos as armas de perto, poderemos ver nelas as nossas próprias mentes, preconceitos, medos e ignorância.

Mesmo que levássemos todas as bombas para a lua, as raízes da guerra e as raízes das bombas permaneceriam nos nossos corações e nas nossas mentes e, mais cedo ou mais tarde, construiríamos novas bombas.

Trabalhar pela paz significa erradicar a guerra de dentro de nós mesmos e dos corações de todas as pessoas.

Preparar-se para a guerra, levar milhões de homens e mulheres a praticar assassínios, noite e dia, dentro dos seus corações, equivale a plantar milhões de sementes de violência, raiva, frustração e medo, que serão incessantemente transmitidas às gerações vindouras.

Thich Nhat Hanh