Inês

Quinta das Lágrimas

quinta_das_lagrimas-m

Umbrais do passado,
luz e sombra,
o caule
sinuoso
de uma glicínia.

Nas vias insondáveis
do destino,
feminina insígnia,
o contorno fugaz
de um rosto
de mulher.

Mas térreas são as vozes
da paixão,
do sangue derramado.

Labirintos de um mundo
atormentado.

M. N.

Anúncios