A fábula do velho cão

A fábula do velho cão

Uma velha senhora foi fazer um safari em África e levou consigo o seu velho cão. Um dia, enquanto caçava borboletas, o cão deu-se conta de que estava perdido. Enquanto vagueava em busca do caminho de regresso, reparou que um leopardo o vira e que caminhava na sua direção, com intenção, decerto, de o transformar em repasto.
O velho cão pensou “Estou metido em sarilhos!” Então, olhando em volta, viu que havia ossos espalhados pelo chão e pôs-se a roê-los, de costas voltadas para o predador. Quando o leopardo estava prestes a saltar sobre ele, o cão exclamou:
— Este leopardo estava delicioso! Haverá mais algum que se coma?
Ao ouvir isto, o leopardo desatou a fugir em direção às árvores, enquanto pensava “Escapei por pouco!”
Empoleirado num ramo ali perto, um macaco observara a cena e pensou logo em tirar proveito do sucedido, dizendo ao predador que o velho cão não tinha comido nenhum leopardo. Contudo, o cão percebeu o que ele ia fazer e um novo estratagema surgiu na sua cabeça.
Quando avistou o leopardo com o macaco no dorso, o velho cão voltou a sentar-se de costas e disse, de forma a ser ouvido pelos outros dois animais:
— Estou cheio de fome! Mas onde se terá metido aquele macaco? Mandei-o buscar outro leopardo para comer.

Autor Desconhecido

Anúncios

One thought on “A fábula do velho cão

  1. Pingback: Cachorro velho – Guilherme Augusto

Os comentários estão fechados.