O Astrónomo

O Astrónomo

À sombra de um templo
o meu amigo e eu
vimos um cego
sentado, solitário.

O meu amigo disse:
— Olha que esse
é o homem mais sábio da nossa terra.
Então, deixando o meu amigo,
aproximei-me do cego,
saudei-o e começámos a falar.

Pouco depois disse-lhe:
— Desculpa a pergunta,
mas há quanto tempo estás cego?
Ele respondeu:
— Desde que nasci.

 
Perguntei então:
— E que caminho de sabedoria escolheste?
Ele respondeu:
— Sou astrónomo.

Em seguida
levou a mão ao peito e disse:
— Sim, observo todos estes sóis,
estas luas e estas estrelas.

Khalil Gibran
O Profeta

Advertisements