Vida e morte

Vida e Morte

A flor não cresce
sem o manto do sol.

A ave não canta
sem o toque de luz.

A alma não vive
sem a força da fé.

A flor desabrocha
num riso de infância.

A ave esvoaça
no carinho do vento.

A alma dilata-se
nos dons do Amor.

A flor agoniza
na candura perdida.

A ave entristece
na miragem do ter.

A alma despede-se
na vertigem do ódio.

Anónimo

Texto amavelmente cedido pelo blogue Palavras-Vivas: http://palavras-vivas.blogspot.com/

Anúncios